//filhos do caos Gus.Madock@gmail.com
domingo, outubro 08, 2006
Quanto custa?
O que eu faço da minha vida, é de interesse meu e de mais ninguém. Porém, nada me impede de dissertar um pouco sobre meu futuro incerto.

Sou um representante do ramo da comunicação. Publicidade para ser mais exato. E por conta disso, sou sempre o mais taxado negativamente. Não caro leitor, não estou bancando o coitado. Até por que, há um pouco de razão em tal afirmativa.

As pessoas nos vêem, os publicitários, mais ou menos como advogados de idéias e desejos. Profissionais que se vendem ao cliente por inteiro, não importa qual marca eles tenham na camisa. Pois uma coisa eu lhes digo: não necessariamente é assim que a coisa funciona. Existem publicitários que não se vendem tão facilmente, ou não se vendem mesmo. Eu era um destes. Quando comecei no ramo, acreditava que além de produtos e desejos, eu poderia vender coisas mais dignas e simplórias como: sonhos e esperança. Não que isso seja impossível de se fazer, mas de fato é difícil. E o que se vende mesmo, são marcas. Por mais que eu construa uma campanha para a WWF ou Care, não estarei vendendo a vontade por um mundo melhor, mas uma marca que nos proporciona isto.

Se você, publicitário, está lendo isto e discorda de minhas idéias, é porquê você ainda é como eu fui um dia. Um jovem esperançoso, com os ideais na ponta dos dedos. Portanto, não sei se você, um dia, irá entender minhas palavras.
Alguns, que me conhecem há tempos, sempre ficam chocados com essa mudança. Mas não posso deixar de admiti-la, afinal, não sou hipócrita. Hoje, tenho uma coisa em mente, e não tem quem me convença do contrário. Eu sou um publicitário. Meu trabalho é vender produtos, marcas, desejos e idéias, mas acima de tudo, almas. Portanto amiguinho, caso você tenha alguma alma pra vender, antes de procurar o diabo, entre em contato. Posso fazê-lo ficar muito rico.

Agora, se você esta se perguntando o porquê deste texto, ainda mais neste blog? Eu lhe passo outra pergunta: como propagar o Caos, sem passar por cima de algumas coisas? E quem melhor pra fazer isso, do que alguém que vende o que for necessário, fora as partes íntimas e favores de ordem sexual ou bizarra?

Pois é... Eu sabia que você diria isso!


O nunca antes tão sério,
Gus Madock
Editor irresponsável
_______________________________
Este blog foi totalmente planejado e construído de acordo com as regras do W3C, portanto, funciona perfeitamente no Mozilla Firfox, Opera e Safari. Caso você esteja visualizando coisas estranhas, trate logo de trocar essa porcaria de Internet Explorer. Isso não presta!